segunda-feira, 2 de maio de 2011

A vida se revela, vela!
Que se apaga num instante,
Ou dá direção ao barco à deriva...


A vida se revela leva,
Muitas vezes o que temos de melhor...
A vida nos prega peças, teatro!
Eu vou seguindo no ato, em que a VIDA se revelou a mim!


A vida revelada em Cristo,
Jamais imaginei que nisto,
Estaria toda a minha inabilidade de ser!


A vida se revela em Cristo agora,
As revelações de outrora,
Tornaram-se pó, diante da glória bendita!


A vida se revela e é bela,
Quando ele é vela que não se apaga,
Flor que jamais fenece,
Amor que nunca se esquece!


Gláucia Carvalho
2.maio.2011

3 comentários:

willian disse...

Vela é aquela, que revela a luz do mundo, e aquece a alma do ser.

David Sérgio Brito disse...

Belo poema!
Cristo em nós é o mistério que esteve oculto por séculos e gerações e que tem sido revelado aos Santos. Enquanto temos neste corpo uma rápida e efêmera existência, Ele é a vida em essência, luz que nunca apaga e que nos revela o que somos (pó; vasos de barro) e o que Ele é em nós (tesouro inestimável).
Todo o nosso conhecimento e experiência fenecem diante do conhecimento pessoal dEle (Filipenses 3: 7 a 11).

J.F.AGUIAR disse...

A vida se revela em Cristo eu digo
amém!!!!o poema bem diz o nome que é acima de todos os nomes: Jesus
a fonte que nos inspira a pensar
no belo e no bem! Gláucia, Deus é
contigo!