terça-feira, 23 de junho de 2015

Oração

De vermelho, cor de sangue, cor de vida,
Ela se deitou na água de mansinho.
Em mansa água devagarinho,
Foi desenhando com os dedos,
Os mais diversos segredos, 
E pedidos a Deus!

Mulher de vermelho, tão linda!
O que pode mais querer?
Juntou-se à água, lágrima salgada,
Selando a promessa de outrora:
- Meu Deus! Consagro ao Senhor agora,
Este fruto do ventre meu.
Digo aos quatro ventos, como disse do primeiro:
- Tudo que é meu é Seu!
Como é Sua minha vida e de quem mais vier...
Estou selando com vermelho sagrado,
Esta singela oração...
Por favor, dê aos  meus filhos saúde e paz
E eu te serei devoção!

Gláucia Carvalho
23.06.2015
(escrevi isto agora, olhando para a imagem da minha prima grávida. Érica Bernardes. Amo você querida!)

Um comentário:

Peu Rocha disse...

Oi
Que lindo
Q haja sempre estrelas a sorri na sua vida :)
Passando e amando seu blog
Ja sou uma seguidora
Tenho meu cantinho e adoraria ter vc por la
Bjs