quinta-feira, 22 de outubro de 2009


Estou voltando gente...
Retornando aos poucos.
Retomando o pouco que restou de mim.
Descobri que a vida continua enfim!!!

Viajar não basta!
Dormir e dormir não basta!
Os vãos vinhos se vão...
E a vida assim se arrasta!

Nada basta! Nada basta!
Dei um basta em mim mesma,
E percebi então,
Que o improviso é a graça!
E que o riso escondido abraça!

Que a calma e a paz na alma,
Moram em mim. Não noutro lugar...
Tenho a paz desmedida,
Que em mim torna em vida,
Que só o Amor no Eterno dá!!!


Gláucia Carvalho
22.10.2009

2 comentários:

Aline disse...

Como ousa chamar de "pouco" o que restou de você? Rsrsrs...

Line (do Zazo).

J.F.AGUIAR disse...

Minha paz vos dou, não a dou como
o mundo da.(Jesus Cristo) você é simples no escrever isto é belo!!!
continue...Sossego,silêncio e paz.