quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Sol na Noite















Ontem eu vi o sol a noite...
Pensei que era um sonho
Um sonho de sol...
Porém a noite ardia adentro,
Com suas estrelas, astros, cometas,
Suas vidraças, infinitas gavetas,
Onde giram em dança os feitos de Deus!

Não me importei eu ouvi linda canção,
Das vibrações, em suas rotações,
Dos feitos de Deus, de sua criação,
Que dancei junto às estrelas!


E cantei e chorei e sorri,
Com o ardor do sol,
Na noite que atiça!
Não era sonho, foi tão verdadeiro o brilhar
Na minha noite,
Do sol na minha vida, o sol da Justiça!


Gláucia Carvalho
10.09.2009
(madrugada)

2 comentários:

Aline disse...

Sou muito abençoada por meio das coisas que você escreve...

Beijos,

Aline Duarte.

J.F.AGUIAR disse...

Sonhe sempre... e nos conte depois