sábado, 15 de fevereiro de 2014

Surpresa

Surpresa é surpresa!
É a mousse de sobremessa!
Não tem graça se contar que existe.
Assim se foi o meu coração desacreditado e triste,
De que paixão não avisa quando vem.
Ela te arrebata com tudo que você tem,
E te deixa assim mesmo de mãos vazias,
Que antes estavam frias,
Mas foram aquecidas da loucura,
Que é parte insana, parte pura,
De algo que não se pode controlar!

Surpresa, mas que grata surpresa!
Saber que olhos nos meus olhos,
Mãos nas minhas mãos,
Um sonho de um beijo,
E na face um tímido rubor,
Lembram a esta mulher,
Que ainda existe amor...

Gláucia Carvalho

4 comentários:

Paulinho Almeida. disse...

Surpresa é mousse exposto sobre a mesma mesa, sabor sem saber, razão que só tem quem ver com o coração...

Josy Cristina disse...

Lindo demais, Gláucia! Amei! Bjs, mana!

J.F.AGUIAR disse...

Simmm, simmm!! ainda existe o amor,
" fé, esperança e o amor" o mais importante o amor" (Apostolo Paulo)

Victor Martins disse...

Essa surpresa é algo que impulsiona a forma de viver.Quando aparece,nos rebata!!bj e já to seguindo o blog.